Buscar
  • Vinicius Vital

Bailes Funk estão bombando em plena pandemia no RJ - RÁDIO ONDA CERTA


Os nomes dos bailes “Egito” e “Romênia” ficaram entre os assuntos mais comentados do Twitter na manhã deste domingo (26). São duas festas famosas no Rio, que, mesmo na pandemia, segue a agenda, atraindo centenas de jovens, que não se preocupam com o uso de máscara. Muitos frequentadores postaram fotos se preparando ou seguindo para algum dos bailes, além de vídeos e registros das festas.

Imagens que, em razão do isolamento social imposto pelo novo coronavírus, deixaram muita gente indignada. Muitos usuários da rede social criticaram a ocorrência das festas e, consequentemente, as aglomerações, que ainda não são permitidas, segundo decreto municipal que define: "a reunião, sem aparente justificativa, de dez ou mais pessoas, sem a observação de distância mínima de um metro e meio entre elas".

Em junho, a Polícia Civil iniciou investigação para apurar a ocorrência de bailes funk no Rio e na Baixada Fluminense.

O decreto municipal inclui, entre as atribuições do serviço de atendimento 1746, a tarefa de receber denúncias sobre aglomerações. As queixas recebidas serão avaliadas pela Secretaria de Ordem Pública, que pode requisitar força policial para dispersar os grupos.

O baile do Egito acontece na comunidade do Chapadão, na Zona Norte, e o da Romênia, na Vila Aliança, em Bangu, Zona Oeste.

Segundo a Polícia Civil, os responsáveis e investigados pela violação das normas sanitárias impostas em razão da pandemia estão incursos nas penas do artigo 268 do Código Penal. Em nota, a polícia informa que, além de propiciar a contaminação em grande escala, "tais eventos inobservam os ditames de resolução que exige prévia autorização de diversos órgãos públicos para a realização de festas em área pública".


Bailes funk na pandemia

Em junho, a Delegacia de Combate às Drogas (DCOD), com apoio da Subsecretaria de Inteligência (SSINTE) identificou 22 (vinte e dois) indivíduos responsáveis por organizar dez eventos públicos em desacordo com a legislação.

A investigação identificou os responsáveis por organizar e se apresentar em eventos realizados no Rio e em diversos municípios da região metropolitana, entre eles:

  • Baile da Romênia (Vila Aliança)

  • Baile da Bica (Morro da Mineira)

  • Baile do Egito/do Himalaia/da França (Chapadão)

  • Baile do Castelar (Belford Roxo)

  • Baile da Líbia (Duque de Caxias)

  • Baile de Acapulco (Duque de Caxias)

  • Baile da Argélia (Duque de Caxias)

  • Baile de Medelin (Antigo Baile da Itália) (Itaguaí)

  • Baile do Salgueiro (São Gonçalo)

  • Baile do Jockey (São Gonçalo)

0 visualização
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now