Buscar
  • Vinicius Vital

Morre Alfredo Sirkis em acidente de trânsito no RJ


O ex-deputado federal Alfredo Sirkis morreu na tarde desta sexta-feira (10), em acidente de carro, no Arco Metropolitano, em Nova Iguaçu. Ele estava sozinho no veículo, que bateu em um poste e capotou. Sirkis estava a caminho de um sítio para se encontrar com a mãe e um dos filhos. Sirkis foi o Coordenador Executivo do Fórum Brasileiro de Mudança do Clima (FBMC), tendo organizado a campanha Ratifica Já! que propiciou a ratificação, pelo Brasil, em tempo recorde, do Acordo de Paris; do processo para a elaboração da Proposta Inicial para Implementação da NDC brasileira e da avaliação Brasil Carbono Neutro 2060. Quando deputado federal (2011-2015), presidiu a Comissão Mista de Mudança do Clima do Congresso Nacional (CMMC) e foi um dos vice-presidentes da Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional da Câmara dos Deputados. Sirkis não se candidatou à reeleição em 2014. Foi vereador em quatro mandatos, secretário municipal de urbanismo e presidente do Instituto Municipal de Urbanismo Pereira Passos (IPP), entre 2001 e 2006 e secretário municipal de meio ambiente, entre 1993 e 1996, na cidade do Rio de Janeiro.  Sirkis foi autor de vários livros, o mais conhecido é Os Carbonários(1980), que ganhou Prêmio Jabuti de 1980. Nos anos 70, auge da ditadura militar no Brasil, passou oito anos e meio no exílio na França, Chile, Argentina e Portugal. Na imprensa brasileira trabalhou como repórter das revistas Veja (1982) e Istoé (1983) e colaborou com os semanários Pasquim, Playboy, Jornal de Domingo e Shalom.

Ainda não há informações sobre a data e local de sepultamento de Alfredo Sirkis.




30 visualizações
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now